sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Tara Perdida prestam última homenagem a João Ribas

Os Tara Perdida encerram a digressão «Tara Perdida e Amigos» hoje no Paradise Garage, em Lisboa.
Recorde-se que, no passado mês de Março, a banda perdeu o seu emblemático vocalista de sempre, João Ribas, vítima de uma paragem respiratória, cumprindo esta digressão, em que os Tara Perdida se fazem acompanhar, na voz, por amigos e convidados da banda.
Tim, João Pedro Almendra, Diogo Ribas, Ivo Palitos, Diogo Ramos, Samuel Palitos e Rui Almeida serão alguns dos artistas que se irão juntar aos Tara Perdida nesta noite e que com eles vão prestar a sua derradeira homenagem a Ribas.
O concerto inicia um outro ciclo, com a pré-produção de um novo álbum.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Arranca hoje o Misty Fest 2014


Mais de 14 artistas, entre eles, Rodrigo Leão e Jorge Palma, constituem o cartaz do Festival Misty que decorre na primeira quinzena de Novembro em Lisboa e oito outras localidades, num total de 28 concertos em 11 salas.
O Festival abre hoje em Lisboa, onde se divide por três palcos, Centro Cultural de Belém (CCB), Fundação Calouste Gulbenkian e Cinema S. Jorge. Além de Lisboa, o Misty acontece em Sintra, nas Caldas da Rainha, Figueira da Foz, Coimbra, Aveiro, Espinho, Porto, Vila do Conde e Braga.
Eis os nomes nacionais que vão passar pelo festival:

4 de Novembro: Maria de Medeiros (CCB - Lisboa)
5 de Novembro: Celina da Piedade (CCB - Lisboa)
5 de Novembro: Maria de Medeiros (Casa da Música - Porto)
6 de Novembro: Jorge Palma (CCB - Lisboa)
6 de Novembro: Gisela João (Theatro Circo - Braga)
6 de Novembro: Maria de Medeiros (Teatro Aveirense - Aveiro)
7 de Novembro: Gisela João (Centro de Artes e Espectáculos - Figueira da Foz)
7 de Novembro: Olavo Bilac (Cinema S. Jorge - Lisboa)
7 de Novembro: Rodrigo Leão (CCB - Lisboa)
8 de Novembro: Gisela João (Centro Cultural e de Congressos - Caldas da Rainha)
8 de Novembro: Couple Coffee (Cinema S. Jorge - Lisboa)
9 de Novembro: Maria de Medeiros (Centro Cultural e de Congressos - Caldas da Rainha)
10 de Novembro: Rui Massena (CCB - Lisboa)
11 de Novembro: Rodrigo Leão (Casa da Música - Porto)
13 de Novembro: Celina da Piedade (Auditório do Conservatório - Coimbra)

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Arranca hoje o «Concertos Arena Live 2014» no Casino Lisboa

 

The Gift, David Fonseca, António Zambujo, Os Azeitonas, Aline Frazão, Deolinda, Buraka Som Sistema, Mafalda Veiga e Richie Campbell vão atuar no ciclo «Concertos Arena Live 2014» no Casino Lisboa, a partir de hoje.
Os concertos do ciclo realizam-se sempre às segundas-feiras a partir das 22h30 no Arena Lounge do Casino Lisboa, no Parque das Nações, com entrada gratuita.
O sThe Gift abrem hoje os concertos no palco central do Arena Lounge, com uma viagem pela sua discografia.
No dia 10 atua David Fonseca, que apresenta o seu mais recente álbum, «Seasons - Rising: Falling», no qual compila o seu diário musical.
António Zambujo sobe ao palco do Arena no dia 17 de Novembro. «Quinto», álbum apresentado em 2012, vai guiar o alinhamento do concerto, que passa por temas de outros álbuns, nomeadamente «Outro Sentido» e «Guia».
Os Azeitonas apresentam-se a 24 de Novembro, num espetáculo em que vão revisitar as suas composições de êxito como «Ray-Dee-Oh», «Tonto de Ti», «Um Tanto ou Quanto Atarantado», «Quem És Tu Miúda» ou «Anda Comigo Ver os Aviões».
A angolana Aline Frazão apresenta no dia 1 de Dezembro o seu mais recente álbum, «Movimento», acompanhada por Marco Pombinho (piano e rhodes), Francesco Valente (baixo e contrabaixo) e Marcos Alves (bateria e percussão).
Para o dia 8 de Dezembro está agendado o concerto dos Deolinda. Dos remas do concerto fazem parte as canções do terceiro álbum de originais, «Mundo Pequenino», nomeadamente «Seja Agora», «Algo Novo», «Medo de Mim» e «Musiquinha».
Em vésperas de Natal, no dia 22, atua Mafalda Veiga, sucedendo-se Richie Campbell, que se estreia no Casino Lisboa, no dia 31 num concerto a começar às 23h30, fazendo a passagem para o próximo ano.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Moonspell e Mão Morta na primeira edição do MAZEFEST


Agendada para hoje e amanhã, a primeira edição do MAZEFEST vai ter lugar no Incrível Almadense e Cine Incrível.
O cartaz está dividido em duas partes e distribuído por dois espaços distintos. A imagem de marca do evento passa pelo facto de cada banda protagonizar em palco um concerto único e inédito, nunca realizado anteriormente.
Hoje tocam os Moonspell, num espectáculo com contornos especiais em noite de Halloween. Os Mão Morta apresentam-se amanhã.
Cada bilhete tem o preço de 15 euros e dá direito a todos os espectáculos e actividades de ambas as salas amanhã.
Para o concerto de hoje dos Moonspell, os bilhetes custam 20 euros.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Rita Guerra grava dueto com Michael Bolton

 
Rita Guerra gravou um dueto com Michael Bolton para o tema «Make You Feel My Love», um original de Bob Dylan. Os dois já tinham cantado juntos várias vezes ao vivo, mas só agora o dueto em disco se proporcionou e integra o álbum «Volta» que a cantora vai lançar a 6 de Outubro, sendo o seu primeiro disco de originais em quatro anos.
«Cantar com alguém que sempre admirámos, é um sonho tornado realidade. E o sonho repetiu-se e gravou-se. É uma grande honra enquanto cantora e fã, ter a participação do Michael num disco meu», afirma Rita Guerra em comunicado.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Lançamentos da Semana: Mónica Ferraz, Jibóia, Batida, O Abominável, Rogério Charraz, Lavoisier, Viralata, The Psycho Tramps, Pãodemónio, Cristiana Águas e D.A.M.A.

Mónica Ferraz está de regresso com o segundo registo de originais, «Love», cuja produção ficou a cargo de André Indiana e que sucede a «Start Stop».
A maternidade influenciaram a escrita e a composição da cantora, num álbum mistura rock, pop, soul, jazz, eletrónica e funk
«Let Me Be» é o single de apresentação de «Love».
 
 
 
 
 
 
O novo disco de Jibóia (Óscar Silva), «Badlav», é editado de forma conjunta pelas Lovers & Lollypops e Shit Music For Shit People. Contou com a composição do próprio e de Ana Miró (Sequin).
Foi gravado, produzido e misturado por Xinobi no estúdio da Discotexas, com o apoio de Moullinex.
A edição atinge os formatos digital e em vinil.
 
 
 
 
 
 
Batida está de volta com o álbum «Dois», inspirado pela multiculturalidade de Lisboa, bem como pelas suas viagens a Luanda e a Nairobi.
Conspirado na sua garagem durante os últimos dois anos, «Dois» inclui colaborações com Spoek Mathambo, Cuncan Lloyd (Maximo Park) ou François & the Atlas Mountains.
 
 
 
 
 
 
O Abominável estreiam-se nas edições discográficas com «Enteléquia», um registo que revela várias influências que se estendem além do rock.
O processo de produção, captação e mistura foi desenvolvido no estúdio O Silo e conta com as participações de Elísio Donas (Ornatos Violeta), Maze (Dealema), Nelson Graf Reis (Blackjackers) e Francisco Rua.
«Fleuma» apresenta-se como o single de avanço.
 
 
 
 
«Espelho» é o título do segundo disco de Rogério Charraz, sucessor de «A Chave».
Do folk ao rock, da morna ao reggae, são muitas as influências na música do cantor, refletidas também nos convidados do disco: a luso-brasileira Luanda Cozetti, o rapper Sensi, o cabo-verdiano Dany Silva e o cantautor Miguel Calhaz.
«Porto de Abrigo» antecipa o lançamento do disco.
 
 
 
 
 
O novo trabalho dos Lavoisier, «Projecto 675», contou com a colaboração de José Manuel Fortes, engenheiro de som responsável pela gravação de trabalhos de artistas como José Afonso, Sérgio Godinho ou Carlos Paredes.
Esta edição de autor é limitada a 675 cópias.
 
 
 
 
 
 
«Doa a Quem Doer» é o segundo álbum dos lisboetas Viralata. São 13 temas fortes, com carácter interventivo, refrões orelhudos, cruzando o punk rock com influências americanas da banda.
Editado em digipack, com ilustrações de Nuno Duarte, fotos de Rita Carmo e grafismo de Filipe Brito.
«Doa a Quem Doer» foi gravado, misturado e produzido por Miguel «Vegeta» Marques e masterizado por Miguel Carvalho.
 
 
 
 
Os Psycho Tramps lançam o seu primeiro álbum de originais. O disco chama-se «I've Met Satan», tem 11 temas originais e é uma edição da Dog City Records.
Neste novo trabalho, a banda mistura o punk rock dos anos 70 com o garage rock.
Formada em 2011, a banda é composta atualmente por Miguel Roque (voz), Ramon Contreras (guitarra), David Sabino (baixo), José Alves (guitarra) e Marco Dores (bateria).
 
 
 
 
O grupo de jazz contemporâneo Pãodemónio apresentam o seu álbum de estreia «Pirraças Pueris».
Composto por cinco temas, faz incursões por ritmos diferentes, humor, cores e dinâmicas da expressão contemporânea do jazz, metal, rock, funk, hip-hop e música alternativa.
O disco foi gravado no estúdio Stone Sound por Ricardo Oliveira, com a mixagem e masterização de Ricardo Pinto.
 
 
 
 
 
O álbum de estreia de Cristina Águas, produzido por Pierre Aderne, conta com a colaboração de músicos dos dois lados do Atlântico, numa viagem pelo Fado.
Conta com as colaborações de músicos nacionais como Luís Guerreiro, Carlos Leitão, António Quintino ou Henrique Leitão, e de músicos brasileiros, como Jorge Hélder, Ricardo Silveira, Jurim Moreira, Dado, Um Carvalho, Nilson Dourado ou Gustavo Roriz.
 
 
 
 
«Uma Questão de Princípio» é o nome do álbum de estreia dos D.A.M.A.
O primeiro longa duração do coletivo de lisboeta conta com a participação especial da cantora e compositora brasileira Gaby Luthai, de Mia Rose e de Salvador Seixas, e inclui os sucessos «Balada do Desajeitado», «Luísa» e «Popless».

domingo, 28 de setembro de 2014

Videoclips da Semana: Carolina Deslandes, Os Alice, Rui Massena, Maria Bettencourt, The Happy Mess, Os Príncipes e Leandro


Carolina Deslandes está de volta com nova música. O tema chama-se «Mountains» e é uma colaboração com Agir. A faixa é cantada em inglês, e marca uma nova fase na carreira da cantora.




Chama-se «Colorblind» e é a nova música da açoriana Maria Bettencourt. O vídeo foi realizado por Luís Gil Bettencourt, com direcção de fotografia de Rui Caria.




Inspirado no desembarque das tropas aliadas na Normandia, há 70 anos, «Dia D» é o single que marca a estreia de Rui Massena enquanto compositor.




O disco de estreia de Os Príncipes (Maria Mónica e Jorge Queijo) chama-se «Reinaldo» (Boom Chicka Boom, 2014) e «Não Cai» é o single de avanço.




«Sorrows Av.» é o novo single dos The Happy Mess, retirado do álbum «Songs from the Backyard». O videoclip foi filmado em Milão e realizado por Pedro Miguel Resende.




O novo single retirado do álbum «Sou um Homem de Feliz» de Leandro chama-se «Eu Mudei» e é protagonizado por Débora Picoito.